CV

Nesta página apresenta-se uma versão condensada do meu Curriculum Vitae, centrada em particular nos últimos 10 anos. Optei por autonomizar certas secções noutras páginas – Publicações, Docência, Investigação, Extensão/Livros – por nelas se concentrar grande parte do meu trabalho mais puramente académico (ou, no caso da Extensão, mais intimamente ligado à forma como vejo o funcionamento social da profissão) e para obviar a que o CV ficasse demasiado extenso e pouco legível.



ESTUDOS E GRAUS ACADÉMICOS

Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas, na variante de Português-Francês.

Mestrado em Literatura Portuguesa, com uma dissertação, elaborada sob a orientação científica do Professor Doutor Vítor Manuel de Aguiar e Silva, sobre “A Vanguarda na Literatura Portuguesa. O Futurismo”.

Doutoramento em Teoria da Literatura, sob orientação do Professor Doutor Vítor Manuel de Aguiar e Silva, com uma dissertação sobre o tema “Revisão e Nação. Os limites territoriais do cânone literário”, na área das Línguas e Literaturas Modernas, especialidade de Teoria da Literatura.



DISCIPLINAS E SEMINÁRIOS LECIONADOS (últimos 4 anos)

ANO LETIVO DE 2014-2015

1º ciclo em Estudos Artísticos:
Análise de Filmes

1º ciclo em Português:
Literatura Brasileira 2
Arte e Cultura de Massas
Teoria da Literatura

3º ciclo em Literatura de Língua Portuguesa:
Cânone e Teoria Literária

3º ciclo em Materialidades da Literatura:
Materialidades da Literatura 1

91º CURSO DE FÉRIAS, 29 de Junho a 24 de Julho de 2015, COMPLEMENTAR B2
Literatura Portuguesa


ANO LETIVO DE
2015-2016

1º ciclo em Estudos Artísticos:
Análise e Crítica de Filmes

1º ciclo em Português:
Problemas Críticos de Literatura Brasileira

2º ciclo em Literatura de Língua Portuguesa:
Literatura Brasileira

3º ciclo em Literatura de Língua Portuguesa:
Tópicos de pesquisa em literatura brasileira

3º ciclo em Materialidades da Literatura:
Materialidades da Literatura 1
Seminário de Orientação


ANO LETIVO DE
2016-2017

1º ciclo em Estudos Artísticos:
Análise e Crítica de Filmes

1º ciclo em Português:
Problemas Críticos de Literatura Brasileira

2º ciclo em Literatura de Língua Portuguesa:
Literatura Brasileira

3º ciclo em Literatura de Língua Portuguesa:
Tópicos de pesquisa em literatura brasileira

3º ciclo em Materialidades da Literatura:
Materialidades da Literatura 1


ANO LETIVO DE 2017-2018



ORIENTAÇÕES: DISSERTAÇÕES DE MESTRADO

Ricardo Namora, «A teoria da literatura em Portugal». Dissertação de Mestrado em Literatura Portuguesa: Investigação e Ensino, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 9 de Junho de 2010. Editada em livro, em 2011, com o título 40 Anos de Teoria da Literatura em Portugal (Coimbra, Almedina).

Sandra Sofia Fonseca Bettencourt Pinto, «Cartografia Crítica e Hipertextualidade em Jorge Luis Borges». Dissertação de Mestrado em Estudos Literários e Culturais, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 16 de Novembro de 2010.

Sara Alexandra Patrícia e Silva, «Como Construir uma Literatura Nacional. As Antologias “Henriquinas” de Baltasar Lopes e Jaime Figueiredo e a Produção do Cânone da Literatura Cabo-Verdiana». Dissertação de Mestrado em Literatura Portuguesa: Investigação e Ensino, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 4 de janeiro de 2012.

Maria do Rosário Palmela, «A correspondência entre Jorge de Sena e Sophia de Mello Breyner Andresen». Dissertação de Mestrado em Literatura Portuguesa: Investigação e Ensino, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 22 de Julho de 2012.

Rúben Filipe Gaspar Gomes, «Agora não. Argumento cinematográfico original». Trabalho de Projeto de Mestrado em Estudos Artísticos (2º ciclo de estudos), apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendido a 24 de outubro de 2016.

Ana Natacha Duarte Álvaro, «Das caixas de Manuel Rui ao apagão de Ondjaki: as imagens possíveis». Dissertação de Mestrado em Literatura Portuguesa: Investigação e Ensino (2º ciclo de estudos), apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 23 de fevereiro de 2017.



ORIENTAÇÕES: TESES DE DOUTORAMENTO

Julçara Cavalcante Cruz de Almeida, «José Rodrigues Miguéis, Literatura e Escola: um Projecto Inacabado». Tese de Doutoramento em Literatura Portuguesa: Investigação e Ensino, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 22 de maio de 2012.

Rui Mateus, «Fundamentos e práticas da adaptação de clássicos da literatura para leitores jovens». Tese de doutoramento em Literatura Portuguesa, no ramo de Investigação e Ensino, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 20 de março de 2014.

Gitika Gupta, «Towards a Decolonial Reading of ‘Tivolem’: E ainda há mais mundo, chega lá». Tese de doutoramento em Literatura Portuguesa, no ramo de Investigação e Ensino, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 1 de julho de 2015.

José António Geraldo Marques da Silva, «Registos Sonoros de Interpretação Poética em Portugal». Tese de Doutoramento em Materialidades da Literatura, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 4 de março de 2016.

Matheus de Brito, «Diferenciais: Meios e Práticas de Inscrição Literária». Tese de Doutoramento em Materialidades da Literatura. Em co-tutela com a Unicamp, co-orientação com Fábio Akcelrud Durão. Defendida a 17 de janeiro de 2017.

Rinah de Araújo Souto, «Como se constrói um ‘clássico’? Vozes anoitecidas e Cada homem é uma raça, de Mia Couto: um estudo de caso numa ‘literatura emergente’». Tese de Doutoramento em Literatura de Língua Portuguesa, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Defendida a 16 de março de 2017.



JÚRIS DE PROVAS ACADÉMICAS

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Letras, na área de Línguas e Literaturas Modernas, na especialidade de Literatura Comparada, de Maria Fernanda Ferreira da Cunha Peixoto ((Des)Construções Sociocríticas da (Pós-)Colonialidade. Romance Português e Angolano das Décadas de 80 e 90), na Universidade de Coimbra, 29 de Janeiro de 2010.

Vogal, e arguente, nas provas de Mestrado em Teoria da Literatura, de Ricardo António Rosa Brites (Corpo: focar in extremis a substância – e outros corpus de/para montagem. Para uma leitura da obra de Herberto Helder), na Universidade do Minho, 9 de Junho de 2010.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Estudos Anglo-Portugueses, de Ricardo Manuel Fernandes Marques (Na Teia do Poema. Um Percurso Intertextual na Obra Poética de Nuno Júdice), na Universidade Nova de Lisboa, 19 de Julho de 2010.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Teoria da Literatura, de Joana Paiva Nunes de Mello (O Desígnio Inteligente: a Poética de Aristóteles e o cinema clássico de Hollywood), na Universidade Nova de Lisboa, em 19 de Setembro de 2011.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Teoria da Literatura de Marina Cláudia da Fonseca Guiomar (Especialização e Crítica: Algumas Leituras Excêntricas), na Universidade de Lisboa, 14 de Junho de 2012.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Estudos Portugueses, de Natália Marília Massa Constâncio (Subversão e Paródia na Obra de Mário de Carvalho), na Universidade Nova de Lisboa, 5 de Junho de 2013.

Vogal, e arguente, nas provas de Mestrado em Estudos Portugueses, de Júlia Hansen (Convívio e Dispersão: a Tradição Poética em ensaios de António Ramos Rosa e Haroldo de Campos), na Universidade Nova de Lisboa, 9 de Janeiro de 2013.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Poética e Hermenêutica de Weberson Fernandes Grizoste (Os Timbiras: os paradoxos antiépicos da Ilíada brasileira), na Universidade de Coimbra, a 3 de Janeiro de 2014.

Vogal, e arguente, nas provas de Doutoramento em Literatura de Língua Portuguesa: Investigação e Ensino, de Rui Guilherme Figueiredo da Silva, (Exemplo Cosmopolita: João Vário, Arménio Vieira e José Luiz Tavares), na Universidade de Coimbra, a 24 de Março de 2014.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Literatura e Culturas Românicas – especialidade de Literatura Portuguesa, de José Fernando de Castro Branco, (Adolfo Casais Monteiro e a Doutrina Estética da Presença), na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, a 20 de junho de 2014.

Vogal, e arguente principal, nas provas do Programa de Doutoramento em Construcción y Representación de Identidades Culturales, de Diego Emanuel Giménez Celano (Fernando Pessoa: Irrealidad, escritura y desasosiego. Un análisis filológico, filosófico y crítico de la composición, proyección, edición y representación de una obra inacabada), na Universidade de Barcelona, a 12 de dezembro de 2014.

Vogal, e arguente, nas provas de Doutoramento em Materialidades da Literatura, de Daniela Cortes Maduro (Imersão e Interatividade na Ficção Digital), na Universidade de Coimbra, a 7 de janeiro de 2015.

Vogal, e arguente, nas provas de Doutoramento em Estudos Portugueses, de Sara Vilhena Martins de Almeida Leite (A literatura como experiência no Ensino Secundário: ‘Ensaio sobre a cegueira’ na Escola), na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, a 5 de Junho de 2015.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Teoria da Literatura, de Frederico de Melo D’Ornellas Pedreira (Uma aproximação à ideia de estranheza), na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a 9 de maio de 2016.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Teoria da Literatura, de Sonia Aurora Miceli (De Cartas e Mapas. Livro, Viagem e Paisagem com Bernardo Carvalho e Ruy Duarte de Carvalho), na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a 23 de janeiro de 2017.

Vogal, e arguente, nas provas de Doutoramento em Materialidades da Literatura, de Manaíra Aires Athayde (Ruy Belo e o Modernismo Brasileiro. Poesia, Espólio), na Universidade de Coimbra, a 24 de abril de 2017.

Vogal, e arguente, nas provas de Mestrado em Teoria da Literatura e Literaturas Lusófonas, de Sandra Cristina G. Costa Marques (A construção literária nos Programas e Metas Curriculares de Português do Ensino Básico do 3º Ciclo), no Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho, a 2 de maio de 2017.

Vogal, e arguente principal, nas provas de Doutoramento em Estudos Literários, Culturais e Interartísticos, de Ana Maria Pereira Soares (A Alegria e o Mal em Ruy Belo – Estudo da Composição Hipertextual d’A Margem da Alegria), na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, a 28 de junho de 2017.



REVISTAS CIENTÍFICAS QUE INTEGRA

Co-direção: com Manuel Portela, de MATLIT. Materialidades da Literatura

Membro de Conselhos Científicos ou Consultivos:

Colóquio/Letras. Revista de estudos literários, editada pela Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.

Palavras. Revista da Associação de Professores de Português.

Remate de Males. Revista do Departamento de Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP (Brasil).

Texto Poético. Publicação do Grupo de Trabalho Teoria do Texto Poético, GT da ANPOLL (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística) (Brasil).

Abril – NEPA/UFF (Revista do Núcleo de Estudos de Literatura Portuguesa e Africana da UFF, Brasil).



TAREFAS E CARGOS UNIVERSITÁRIOS

Membro da Assembleia de Representantes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra entre 2004-06 e 2006-08.

Eleito como suplente na lista ao Senado da Universidade de Coimbra em 2005, tornou-se efectivo de Janeiro de 2006 a Dezembro do mesmo ano.

Coordenador da Licenciatura em Estudos Portugueses e Lusófonos, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, de 2007-08 a 2008-09.

Membro da Assembleia Estatutária da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (de Novembro de 2008 a Março de 2009).

Membro da Assembleia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, em 2009-2010.

Membro do Conselho Científico do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra entre 2010 e 2011.

Membro do Conselho Científico da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, desde 25 de Julho de 2013.

Coordenador do Instituto de Estudos Brasileiros da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra desde Julho de 2013.

Membro da Direção do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura, desde 2013.

Director do Curso de 1º Ciclo em Português, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, desde Março de 2014.

Coordenador de mobilidade do Programa de Licenciaturas Internacionais, no curso de Português, desde Fevereiro de 2014.

Membro da Comissão de Reforma da Oferta Formativa da FLUC, por nomeação do Director da Faculdade (de Outubro de 2013 a Abril de 2014).

Membro da Comissão de Acompanhamento da Reforma da Oferta Formativa da FLUC, por nomeação do Director da Faculdade (desde Outubro de 2015).

Coordenador dos exames para Maiores de 23, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, em 2016.

Membro do painel de avaliação de bolsas individuais de doutoramento e pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia, em estudos literários, em 2012, 2013 (estudos literários e linguísticos) e 2015.



AULAS, SEMINÁRIOS, COMUNICAÇÕES E CONFERÊNCIAS

Conferência nas «Aulas da Primavera». Curso Livre de Estudos Avançados de Literatura promovido pelo Laboratório de Estudos Literários Avançados (Elab) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, intitulada «A Máquina de Escrever: o caso de Fernando Pessoa», no dia 28 de Maio de 2010.

Conferência na Fundação Armando Álvares Penteado, FAAP Pós-Graduação, S. Paulo, sobre o tema «Ler e ouvir os clássicos. O caso de J. M. Coetzee», a 21 de Agosto de 2010.

Conferência na Universidade de S. Paulo, no Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia; Letras e Ciências Humanas, com o título «Três Poetas Brasileiros de Hoje: Carlito de Azevedo, Heitor Ferraz e Marcos Siscar», a 30 de Agosto de 2010.

Conferência na Universidade Federal Fluminense, no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas do Instituto de Letras, sobre «A Máquina de Escrever Fernando Pessoa», a 3 de Setembro de 2010.

Comunicação ao colóquio Diálogos em Marienbad. Relações entre literatura e cinema, na Universidade dos Açores, Ponta Delgada, org. conjunta com o centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, 1 de Outubro de 2011, com o título «A literatura e o cinema d’après Godard e depois de Godard».

Comunicação ao colóquio Estranhar Pessoa com as Materialidades da Literatura, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 25 de Maio de 2012, com o título «As únicas coisas nobres que a vida contém».

Comunicação ao III Colóquio da Primavera: Modernidades Comparadas. Minho-Coimbra-Santiago de Compostela. Universidade do Minho-CEHUM, 11 de Maio de 2012, com o título «Repensar a Semana de Arte Moderna fora do Museu».

Comunicação ao Seminário II sobre o Livro do Desassossego (Projeto «Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego», PTDC/CLE-LLI/118713/2010), a 11 de Julho de 2013, com o título «O LdoD como livro modernista: o já feito e o por fazer».

Conferência intitulada «O que são as materialidades da literatura?», no Seminário de Literatura no âmbito do doutoramento em Modernidades Comparadas, CEHUM, Universidade do Minho, 14 de Julho de 2013.

«A ideia de materialidade na teoria da literatura do século XX: de Jakobson a De Man». Conferência do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura. 19 de Novembro de 2013.

Conferencista convidado, a 9 de Outubro de 2013, no ciclo de conferências organizado pelos grupos de Poesia e Contemporaneidade e Pensamento Teórico-Crítico sobre o Contemporâneo da Universidade Federal Fluminense, juntamente com Marjorie Perloff e Daniel Link. Com o título «Back to the Future: o livro de poesia como crítica do livro em papel e do e-book».

Conferência subordinada ao título «O que nos ensinam os novos meios sobre o livro no Livro do Desassossego», no Real Gabinete Português de Leitura, Rio de Janeiro, 8 de Outubro de 2013.

Conferência «O espólio de Carlos de Oliveira. Um continente submerso». A abrir o colóquio Carlos de Oliveira. Um autor português do século XX, 21 de Outubro de 2013, organização do Romanisches Seminar da Universidade de Zurique.

Comunicação ao Colóquio Internacional Almada Negreiros, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, no dia 15 de Novembro de 2013, com comunicação intitulada «O (não) lugar de Almada na modernidade portuguesa».

Comunicação inaugural ao II Encontro de Literaturas Ibero-Americanas (6-8 de novembro de 2014), Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Título: «Escritores que dão aulas de literatura: Julio Cortázar e Jorge Luis Borges».

Comunicação no painel «Conflito e Trauma no Modernismo Brasileiro» com um texto intitulado «O papel do modernismo no estudo da literatura na universidade brasileira», a 14 de novembro de 2014. XVI Colóquio de Outono, Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho.

Conferência, no Projeto Falso Movimento, coordenado por Clara Rowland, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, sobre «2 ou 3 livros que Godard extrai dos seus filmes», a 27 de Março de 2015.

Conferência, na área da Literatura Brasileira, no Departamento de Línguas Modernas da Universidade de Bolonha, sobre «Versões da Formação da Literatura Brasileira: Afrânio Coutinho e Antonio Candido», a 22 de abril de 2015.

Aula inaugural da Cátedra Eduardo Lourenço, na pós-graduação em História da Cultura, no Departamento de Línguas Modernas da Universidade de Bolonha, sobre «A língua como pátria em Fernando Pessoa, Luís Bernardo Honwana e António Variações», a 23 de abril de 2015.

Participação na mesa-redonda «As ciências sociais e as humanidades no contexto nacional», no colóquio No coração do mundo: ciências em rede num mundo global, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 7 de Maio de 2015.

Participação em debate sobre “O extinto e inextinguível Orpheu”, com António Apolinário Lourenço. Moderação de Mariana Oliveira. Integrado nas Jornadas Modernistas. Centenário da Publicação da revista Orpheu. Organização do Centro de Literatura Portuguesa e da disciplina de Estudos Pessoanos. Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 19 de maio de 2015.

Conferência no colóquio Almada Negreiros: un trait d’union tra arti e culture (“Almada Negreiros: um traço de união entre artes e culturas”), a 10, 11 e 12 de junho de 2015, na Universidade de Pisa, Itália. Dia 10 de junho, com o título «Almada e Ernesto de Sousa».

Conferência, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, intitulada «Almada, segundo Ernesto de Sousa: ‘o meu indispensável contemporâneo’», a 17 de Setembro de 2015.

Comunicação ao Colóquio Interdisciplinar Visões da Luz, que teve lugar na Universidade de Coimbra entre 1 e 3 de Outubro de 2015, sobre o tema «A luz e a literatura» (1 de Outubro).

Conferência de encerramento no Colóquio Internacional Poesia: linhas de fuga (dias 3 a 6 de Novembro de 2015), na Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, com o título «A poesia e a condição pós-média: o caso de Monodrama, de Carlito Azevedo».

Seminário, na Universidade de São Paulo, a convite do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada, com o título «Tesouros, museus, florilégios: a riqueza da antologia enquanto género e as particularidades de Século de Ouro» (9 de Novembro de 2015).

Conferência sobre Antonio Candido, na pós-graduação do departamento em Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP, intitulada «Que espécie de direito é o direito à literatura?, no dia 11 de Novembro de 2015.

Aula, na pós-graduação do departamento em Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP, sobre o tema «Nação e Estado na Formação da Literatura Brasileira», no dia 12 de Novembro (10h-13h).

Aula, na pós-graduação do departamento em Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP, sobre o tema «Antonio Candido na sala de aula», no dia 12 de Novembro (15h-18h).

Seminário, no Departamento de Estudos Românicos e Clássicos da Universidade de Estocolmo, sobre o tema «A mulher de bigode e o indígena iletrado: equívocos entre Portugal e Brasil», no dia 24 de Novembro de 2015, pelas 14h.

Palestra sobre o documentário Ruínas (2009), do cineasta Manuel Mozos, na Kulturhuset de Estocolmo, no encerramento do ciclo sobre cinema documental europeu, no dia 24 de Novembro de 2015 (18h).

Comunicação ao colóquio Vox Media: o som na literatura, do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, com o título «Ninguém sabe a voz que tem: Manuel Bandeira e a leitura pública de poesia», no dia 27 de Novembro de 2015.

Comunicação, em sessão de Homenagem ao Prof. Carlos Cunha, na Universidade do Minho, a 1 de Dezembro de 2015, com o texto «Uma evocação de Carlos Cunha, entre Braga e São Paulo».

Comunicação ao colóquio O conceito de literatura brasileira, Instituto de Estudos Brasileiros da FLUC, 7 de outubro de 2016. Título: «Nação e Estado na Formação da Literatura Brasileira, de Antonio Candido».

Comunicação ao colóquio A(s) Biblioteca(s) de Fernando Pessoa, com o título «A biblioteca de Bernardo Soares, a de Pessoa e a de Jesus Cristo». Organizado pela Casa Fernando Pessoa, Centro de Literatura Portuguesa e Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura. Lisboa, Casa Fernando Pessoa, 4 de novembro de 2016.

Conferência, no Laboratório de Cultura Digital, na Universidade de Pisa, Itália, a 7 de dezembro de 2016, com o título «A Digital Archive of Fernando Pessoa’s Livro do Desassossego [LdoD]: an Impossible Project?»

Comunicação intitulada «Modernidade e luto em Ruínas, de Manuel Mozos», International Conference on Space and Cinema, Centro de Estudos Comparatistas, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 29 de novembro de 2016.

Comunicação intitulada «Um imperialismo de poetas ou um imperialismo de gramáticos?», Congresso Internacional Fernando Pessoa, Casa Fernando Pessoa e Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa, FCG, 9 de fevereiro de 2017.

Comunicação intitulada «Dois fotógrafos da Gândara: Carlos de Oliveira e Augusto Cabrita», no colóquio Gândara e Cultura Popular em Carlos de Oliveira, organização da Câmara Municipal de Cantanhede, do Museu do Neo-Realismo e do Centro de Literatura Portuguesa. Cantanhede, 17 de junho de 2018.

Comunicação intitulada «A Escrita, o Cinema, a Contracultura em José Agrippino de Paula», no colóquio Correspondências. O Cinema entre o Brasil e Portugal. Organização de Sérgio Dias Branco (Universidade de Coimbra/IFILNOVA/CEIS20) e Flávio Kactuz (PUC do Rio de Janeiro). FLUC, Instituto de Estudos Brasileiros, 12 de julho de 2018.

Comunicação intitulada «Eduardo Lourenço e o Neo-realismo coimbrão», no colóquio Carlos de Oliveira e a Geração Neo-realista Coimbrã. Organização da Casa da Escrita, do Museu do Neo-Realismo e do Centro de Literatura Portuguesa. Coimbra, Casa da Escrita, 17 de julho de 2018.

Comunicação intitulada «Rasurar Pessoa. Onde, quando e porquê», no colóquio Carlos de Oliveira e a Ideia do Moderno. Organização da Casa Fernando Pessoa, do Museu do Neo-Realismo e do Centro de Literatura Portuguesa. Lisboa, Casa Fernando Pessoa, 15 de setembro de 2018.

Comunicação intitulada «Retrato de Alberto Tavares como jovem poeta: uma revisitação de Projets 69», ao colóquio O que vejo já não se pode cantar, concebido por Golgona Anghel e organizado pela Casa Fernando Pessoa em colaboração com o IELT-FCSH/Universidade Nova de Lisboa, nos 20 anos da morte de Al Berto. Lisboa, Casa Fernando Pessoa, 19 de setembro de 2018.

Conferência de encerramento, intitulada «Notas sobre o poeta brasileiro Fernando Pessoa», do II Colóquio Internacional de Interlocuções Poéticas entre Brasil e Portugal. Organização do Centro de Literatura Portuguesa e da USP. Coimbra, FLUC, 27 de outubro de 2018.

Conferência de abertura, intitulada «Um elenco dos obstáculos», do colóquio O modernismo como obstáculo, 2º colóquio da Rede de Professores de Literatura Brasileira em Portugal, organizado pelo IELT, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa. Lisboa, Biblioteca Nacional, 22 de novembro de 2018.



COLÓQUIOS: MEMBRO DA COMISSÃO CIENTÍFICA OU DA COMISSÃO ORGANIZADORA

Colóquio «Primeiras Teses. 1º Encontro de Jovens Investigadores em Estudos Literários». Membro da Comissão Organizadora, com António Apolinário Lourenço e Ricardo Namora. No Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, a 12 de novembro de 2010.

1º Colóquio da Primavera: Literatura. Espaço, Cartografias. Em colaboração entre o Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, a Universidade do Minho e a Universidade de Santiago de Compostela. Membro da Comissão Organizadora, com António Apolinário Lourenço e Alexia Dotras Bravo. Na Faculdade de letras da Universidade de Coimbra. De 6 a 8 de maio de 2010.

Colóquio Diálogos em Marienbad. Relações entre Literatura e Cinema. Organizado pela Universidade dos Açores / Pólo de Ponta Delgada e pelo Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra. Membro da Comissão Organizadora, com Paulo Meneses. Na Universidade dos Açores, pólo de Ponta Delgada, entre 29 de setembro e 1 de outubro de 2011.

Colóquio Estranhar Pessoa com as Materialidades da Literatura. Organizado pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura e pelo Projeto Estranhar Pessoa, da FCSH da Universidade  Nova de Lisboa. Membro da Comissão Científica e da Comissão Organizadora. No Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, a 25 de maio de 2012.

3º Colóquio da Primavera: Modernidades Comparadas. Estudos Literários, Estudos Culturais Revisitados. Colóquio tripartido entre o Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho, o Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra e a Universidade de Santiago de Compostela. Membro da Comissão Científica. No Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho, a 10 e 11 de maio de 2012.

Colóquio «Primeiras Teses. 2º Encontro de Jovens Investigadores em Estudos Literários». Membro da Comissão organizadora, com António Apolinário Lourenço e Ricardo Namora. No Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, a 30 de novembro de 2012.

Colóquio Digital Literary Studies. International Conference. Organizado pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura. Membro da Comissão Organizadora. Na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, a 14 e 15 de maio de 2015.

Colóquio Vox Media. O Som na Literatura. 1º colóquio do projeto Vox Media. Membro da Comissão Científica, com Manuel Portela e Pedro Serra. No Instituto de Estudos Brasileiros da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, a 27 de novembro de 2015.

Colóquio O Conceito de Literatura Brasileira, 1º colóquio da Rede de professores de Literatura Brasileira em Portugal. Membro da Comissão Científica, com Abel Barros Baptista e Alcir Pécora. No Instituto de Estudos Brasileiros da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, a 6 e 7 de outubro de 2016.

International Conference on Digital Media and Textuality, Universidade de Bremen, Alemanha. Membro da Comissão Científica. 3 a 5 de Novembro de 2016.

Colóquio A(s) Biblioteca(s) de Fernando Pessoa. Organizado pela Casa Fernando Pessoa, pelo Centro de Literatura Portuguesa e pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura. Comissão organizadora: António Apolinário Lourenço (coord.), Osvaldo Manuel Silvestre e Rita Catania Marrone. Lisboa, Casa Fernando Pessoa, 4 de novembro de 2016.

Colóquio International Conference on Space and Cinema. Organizado pelo CEC – Centro de Estudos Comparatistas, FLUL – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Membro da Comissão Científica. Na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, de 28 a 30 de novembro de 2016.



AÇÕES DE FORMAÇÃO

Ação de Formação «Têpluquê II. Livro e Literatura Infantil e Juvenil», para professores do Ensino Básico e Secundário, Junho e Julho de 2010, na FLUC.

«Materialidades da Literatura: Summer School I», 15-16 de Julho de 2013, na FLUC. Leccionação de módulo, a 16 de Julho de 2013, sobre «A poesia, o microfone, o disco e o podcast».

Participação em mesa-redonda «A Literatura e outras formas de Arte», Osvaldo Silvestre (FLUC), Armando Nascimento Rosa (IPLisboa) e Sónia Deus Ferreira (docente ensino secundário). Mesa moderada por Manuel Freire (ex-diretor Centro de Formação RTP). Seminário sobre «Motivação para a Leitura», no Auditório da Biblioteca Municipal de Alcobaça, organizado pela Rede de Bibliotecas do Município de Alcobaça, a 1 de julho de 2014.

Curso sobre «História e Linguagem do Cinema», inserido no programa dos Caminhos do Cinema Português, Coimbra, a 29 de novembro de 2014.

“Livros ou Smartphones?” Palestra de abertura da quarta edição do Seminário “Da Arte de Ler”, que decorreu nos dias 29 e 30 de junho de 2017, no Auditório da Biblioteca Municipal de Alcobaça, subordinado ao tema geral «Da Arte de Ler: Sons & Imagens», com organização da Rede de Bibliotecas do Concelho de Alcobaça (RBCA), em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares do Ministério da Educação e a Universidade de Coimbra (através do seu Centro de Estudos Superiores da Universidade de Coimbra em Alcobaça).

“Literatura e TV na era da Guerra dos Tronos“. Comunicação à 2ª ed. dos Seminários do Casino, organizados pelo Centro de Estudos Humanísticos da Universidade dos Açores, no Terra Nostra Garden Hotel, Furnas, S. Miguel, Açores, com o título geral “A Literatura na TV: Modos de Usar”, a 4 de novembro de 2017.



SESSÕES EM ESCOLAS

«Para que servem as humanidades?», sessão para alunos de toda a Escola Básica 2, 3 D. Miguel de Almeida, Abrantes, 25/10/2012.

«Para que servem as humanidades?», para alunos do 9º ano, na Escola Secundária de Pombal, 25/01/2013.

«Para que servem as humanidades?», sessão para alunos de toda a Escola Secundária de Oliveira do Hospital, 24/04/2013.

«Para que servem as Humanidades?», Colégio Diocesano de Nossa Senhora da Apresentação – Calvão, alunos do 12º ano, turmas de ciências e uma de humanidades, 14/05/2013.

«Livros ou Consolas», Colégio Diocesano de Nossa Senhora da Apresentação – Calvão, sessão realizada na Biblioteca Escolar, para estudantes e pais. Intervenção integrada em programa com o título geral «A Química da Leitura», 14/05/2013

Aula na Escola Secundária de Pombal, a uma turma de 12º ano, sobre «Memorial do Convento», de José Saramago, 23/05/2013.

«Para que servem as Humanidades?», Escola Secundária das Laranjeiras, Ponta Delgada, 29/5/2013.

«O mundo às avessas de Manuel António Pina», palestra para estudantes na Biblioteca da Escola Secundária das Laranjeiras, Ponta Delgada, 30/5/2013.

Sessão para estudantes do 9º ao 12º ano, intitulada «Para que servem as Humanidades?», Escola Secundária de D. Duarte, Coimbra, 1/4/2014.

Sessão para estudantes do 9º ao 12º ano, intitulada «Para que servem as Humanidades?», Escola Secundária de Jaime Cortesão, Coimbra, 13/4/2015. Inserida em feira educativa promovida pela UC.

Sessão para estudantes do 9º ao 12º ano, intitulada «Para que servem as Humanidades?», Escola Secundária Rodrigues Lobo, Leiria, 29/4/2015. Inserida em atividade de promoção da Reforma da Oferta Formativa da FLUC.

Sessão para estudantes do 11º e 12º ano, intitulada «A Reforma da Oferta Formativa da FLUC e as Humanidades», Escola Secundária José Falcão, Coimbra, 28/5/2015. Inserida em feira educativa.

Workshop, na Escola EB 2,3 Inês de Castro, Coimbra, com os estudantes que integram o grupo de teatro do agrupamento escolar, sobre a peça de Manuel António Pina Perguntem aos vossos gatos e aos vossos cães, a 9 de março de 2016.

Sessão para estudantes do 9º ao 12º ano, intitulada «Para que servem as Humanidades?», Escola Secundária Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz, 6/4/2016. Inserida em atividade transversal de promoção da Reforma da Oferta Formativa da FLUC.

Aula de Português, sobre a natureza e função das Humanidades, com uma turma de 11º ano, de ciências, na Escola Secundária Bernardino Machado, a 10 de janeiro de 2017. A pedido do Núcleo de Estágio de Português e Latim da Figueira da Foz.

Sessão para estudantes do 11º e 12º ano, intitulada «Para que servem as Humanidades?», Escola Secundária de D. Duarte, Coimbra, 21/04/2017.